5 Prioridades para o Autodesenvolvimento da Liderança

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Descubra que a parte mais difícil de se tornar o líder de negócios que você precisa é aprender e mudar a si mesmo, em vez de tentar mudar as pessoas ao seu redor. A mudança muitas vezes começa dentro da gente para poder colocar em prática com os outros funcionários, mostrando

Com diversos aplicativos para muitas funcionalidades, como aplicativo para descobrir endereço pelo CPF, também podem ser usadas algumas dicas essenciais para alcançar o autodesenvolvimento. 

Aqui estão as principais características internas consideradas essenciais para o seu crescimento, de um especialista técnico que pode desenvolver uma ótima solução para o líder empresarial reconhecido que você precisa para prosperar:

Avalie-se quanto você aprendeu ultimamente. 

Os verdadeiros líderes nunca estão satisfeitos com o que sabem sobre sua liderança, bem como sobre seus produtos, e estão sempre em busca de novos aprendizados. 

Isso significa buscar constantemente feedback, dedicar tempo a seminários e orientações relevantes e procurar mudanças positivas na organização.

Outra abordagem é resolver um problema específico de cada vez. Por exemplo, se o feedback indicar que você não se comunica bem, comece a avaliar-se quantas vezes você envia notas não solicitadas sobre status, estratégia, orientação e elogios por resultados.

Não tenha medo de demonstrar sua vulnerabilidade. 

Sem vulnerabilidade, você não pode ter um entendimento objetivo da eficácia de sua liderança. Até você admitir suas fraquezas, como marketing ou comunicação, sua equipe não terá coragem de tomar a iniciativa de mostrar o que pode ser feito e ajudá-lo a aprender como melhorar.

Pratique profunda empatia por todos em sua equipe. 

Com empatia, vem a compaixão e a compreensão do impacto que suas decisões como líder têm em sua equipe.  É a base necessária para ajudar todos na equipe a se desenvolverem e otimizar o resultado para que seja maior que a soma das capacidades individuais.

Se você está naturalmente baixo na escala de empatia, faça um esforço extra para não apenas reconhecer os sentimentos dos membros da equipe e seu impacto sobre os outros. 

Nas discussões e aconselhamento dos membros da equipe, não tenha medo de perguntar sobre sentimentos e esteja disposto a compartilhar os seus.

Promova um senso de conexão entre os membros da equipe. 

Os líderes que se aperfeiçoam reconhecem que o que afeta positivamente um membro afeta outros, para melhorar ações, carreiras e vidas. 

Todos estão interconectados; portanto, o desempenho ideal da equipe depende da otimização de cada função individual para seu conjunto de pontos fortes, incluindo o seu.

Uma das melhores coisas que você pode fazer para estabelecer essa conexão com os membros da equipe é se concentrar na construção de fortes relacionamentos pessoais com cada um deles e promover um relacionamento entre eles. Como líder, você deve alcançá-los, e não o contrário.

Entenda o que você pode controlar e aceite o que não pode. 

Nenhum líder pode controlar todas as circunstâncias externas ao seu redor, seja política, pessoas, economia ou mesmo a sorte do empate. Os bons líderes nunca reclamam do que não podem controlar e nunca exigem resultados dos membros da equipe que estão fora de seu controle.

Uma parte essencial do processo de aceitação é aprender a ser o modelo de equipe para lidar com uma crise. Se envolver elementos fora do seu controle, você deve manter suas emoções sob controle e tomar uma decisão mais consciente sobre como lidar com a situação difícil.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *